Pontos Concretos de Esforço

Seguir numa direção de crescimento espiritual e humano pressupõe iniciar um itinerário lógico e usar os meios que nos ajudem a manter fielmente essa direção.

As ENS deram o nome de PCE a esses meios que correspondem as atitudes interiores que precisam ser despertadas e assimiladas para que conduzam a uma nova forma de viver, meios que imprimem uma disciplina que ajuda os casais a pôr o Evangelho em prática na sua vida quotidiana.

A decisão de “viver” os PCEs é uma adesão de coração e concretiza-se com um esforço de vontade: o esforço aplicado à cada ponto concreto que ajuda os casais a acolher o Espírito Santo que age neles, que os vai transformando pouco a pouco fazendo-os crescer ao desenvolver uma espiritualidade conjugal que os aproxima mais de Deus, um do outro e dos outros. Em plena liberdade, assumimos fazer esforços sobre seis pontos concretos que são um convite a:

• Escutar assiduamente a Palavra de Deus;
• Encontrar-se todos os dias com o Senhor numa Oração Pessoal – meditação;
• Encontrar-se diariamente, marido e mulher, numa Oração Conjugal e se, possível, familiar;
• Dedicar, cada mês, um tempo para um verdadeiro diálogo conjugal sob o olhar do Senhor – Dever de se Sentar;
• Fixar cada um para si mesmo uma Regra de Vida e revê-la todos os meses;
• Fazer todos os anos um Retiro vivido, se possível, em casal.

Escuta da Palavra

“A Palavra de Deus é viva e eficaz.” (Hb 4, 12) Deus fala pelas Escrituras, pela Criação, pelas suas intervenções na história humana, pelos outros, pelos Profetas e sobretudo pelo Seu filho, Jesus.

A escuta regular da Palavra de Deus permite não somente conhecer a Deus mas enraizarmo-nos melhor no Evangelho fazendo com que cada membro do casal entre em contato direto com a pessoa de Cristo. E esse contato é o pilar de toda a vida espiritual. A palavra criadora de Deus é sempre fonte indispensável de motivação e de energia para o nosso crescimento pessoal, para o nosso crescimento como casal e para a construção de um mundo melhor. Por isso as ENS convidam cada um a ouvir, diariamente, a Palavra de Deus, reservando um tempo para ler uma passagem da Bíblia, em particular dos Evangelhos, e refletir sobre ela em silêncio para melhor compreendermos o que Deus nos diz.